(Última atualização em: 5 de fevereiro de 2024)

Bombas hidráulicas manuais e bombas elétricas compartilham sistemas hidráulicos semelhantes. Uma bomba manual gera energia mecânica através do esforço humano, enquanto uma bomba elétrica é alimentada por eletricidade para acionar o óleo hidráulico. Então, qual bomba é melhor? Neste artigo, TorcStark irá compará-los e apresentá-los nos seguintes aspectos.

PS: Neste artigo, tanto bombas manuais quanto bombas elétricas podem ser combinadas com chaves hidráulicas, tensores de parafusos, macacose outros produtos.

Definição
Características
Princípios de Trabalho
Formulários

Agora vamos começar!

Definição

Bomba Elétrica

Uma bomba elétrica, acionada por eletricidade, consiste em um corpo de bomba, tubo de elevação, base de bomba, motor submersível (incluindo cabos) e um dispositivo de proteção de partida. O corpo da bomba é o componente operacional da bomba submersível, composto por peças como tubo de entrada, carcaça de desvio, válvula de retenção, eixo da bomba e impulsor. O impulsor pode ser fixado no eixo de duas maneiras.

Bomba manual

Uma bomba manual é um tipo de bomba movida pelo esforço humano. Uma bomba de óleo manual unidirecional é um pequeno estação de bomba hidráulica que converte energia mecânica manual em energia hidráulica. Quando usado com cilindros correspondentes e ferramentas especializadas, pode realizar diversas operações, como levantar, dobrar, endireitar, cisalhar, rebitar, montar, desmontar e algumas tarefas de construção e militares.

Características

Bomba Elétrica

A parte inferior do motor está equipada com um diafragma de borracha regulador de pressão. Quando o motor dá partida ou para, ou quando mudanças de carga causam variações de pressão dentro do motor, a pressão interna pode ser ajustada automaticamente pelo diafragma regulador de pressão de borracha.

A bomba elétrica adota um impulsor centrífugo, proporcionando uma alta elevação de estágio único e uma estrutura compacta.

Bomba manual

As bombas hidráulicas manuais de ultra-alta pressão servem como uma fonte de energia hidráulica simples e conveniente, amplamente utilizada em vários setores, como construção naval, máquinas de mineração de carvão, petroquímica, metalurgia, geração de energia e máquinas pesadas. Suas vantagens, incluindo tamanho pequeno, peso leve, fácil portabilidade e forte segurança, são amplamente apreciadas pelos usuários.

Princípios de Trabalho

Bomba Elétrica

O impulsor é instalado dentro da carcaça da bomba e fixado com segurança ao eixo da bomba, que é acionado diretamente pelo motor. A carcaça da bomba possui um tubo central de sucção de líquido. O líquido entra na bomba através da válvula inferior e do tubo de sucção. A saída de descarga de líquido na carcaça da bomba está conectada ao tubo de descarga.

Antes de ligar a bomba, a carcaça da bomba é preenchida com o líquido transportado. Uma vez iniciado, o impulsor é acionado para girar em alta velocidade pelo eixo, fazendo com que o líquido entre as pás também gire. Sob a ação da força centrífuga, o líquido é lançado do centro do impulsor para a borda externa, ganhando energia. Em seguida, sai rapidamente da borda externa do impulsor e entra na carcaça da bomba em formato de espiral.

No invólucro, o líquido desacelera devido à expansão gradual da passagem, e parte de sua energia cinética é convertida em energia de pressão estática. Por fim, flui para a tubulação de descarga com maior pressão, atingindo o local desejado. À medida que o líquido flui do centro para a borda externa do impulsor, um certo vácuo é formado no centro do impulsor. Como a pressão acima do nível do líquido no reservatório é maior que a pressão na entrada da bomba, o líquido é continuamente empurrado para dentro do impulsor.

Enquanto o impulsor continuar girando, o líquido será continuamente sugado e descarregado.

Bomba manual

O princípio de funcionamento de uma bomba hidráulica manual baseia-se na transferência manual de força para o pistão do corpo da bomba, comprimindo o fluido e empurrando-o para dentro do sistema hidráulico para completar o trabalho hidráulico. Este tipo de bomba é comumente usado em pequenos sistemas hidráulicos onde é necessária energia hidráulica manual.

Atualmente, a maioria das bombas manuais usa um projeto de êmbolo duplo, proporcionando saída de alto fluxo em baixa pressão e saída de baixo fluxo em alta pressão. No entanto, quando a bomba de pressão está em saída de alta pressão, a vazão é muito pequena, resultando em menor eficiência operacional.

Formulários

Bomba Elétrica

Na produção dos setores químico e petrolífero, onde as matérias-primas, os produtos semi-acabados e os produtos acabados são maioritariamente líquidos, processos complexos requerem o transporte de líquidos e o fornecimento de pressão e fluxo para reações químicas. Além disso, bombas elétricas são usadas para regular a temperatura em muitas instalações.

Na produção agrícola, as bombas elétricas servem como principal maquinário de drenagem. Em vastas áreas rurais, é necessário um número significativo de bombas todos os anos, sendo as bombas agrícolas normalmente responsáveis por mais de metade da produção total das bombas.

Nas indústrias de mineração e metalurgia, as bombas elétricas também são os equipamentos mais utilizados. As minas precisam de bombas para drenagem, e as bombas são essenciais para fornecer água na preparação, fundição e laminação do minério.

No setor de energia, as usinas nucleares exigem bombas primárias, bombas secundárias e bombas terciárias, e as usinas termelétricas precisam de um número considerável de bombas de água de alimentação de caldeiras, bombas de condensado, bombas de transporte misto de petróleo e gás, bombas de circulação de água e bombas de lama de cinzas. , entre outros.

Na construção de defesa, as bombas são necessárias para ajustar flaps de aeronaves, lemes, movimento do trem de pouso, embarcações navais e rotação da torre do tanque, bem como submersão e superfície de submarinos. Algumas aplicações envolvem fluidos radioativos e de alta pressão, com requisitos rigorosos para operação sem vazamentos.

Quanto às ferramentas, as bombas elétricas podem servir como fonte de energia para chaves hidráulicas, tensores de parafusos, macacos e produtos similares. Eles acionam o óleo hidráulico para converter energia elétrica em energia mecânica.

Bomba manual

A bomba hidráulica manual de ultra-alta pressão é uma fonte de energia ideal para equipamentos de montagem eletromecânica e atualmente é usada principalmente nas seguintes áreas:

1. Fonte de alimentação para fixadores roscados e dispositivos de aperto.

Permite o controle preciso da força de pré-tensão do parafuso, com a pressão de trabalho do óleo hidráulico atingindo até 300 MPa. Atualmente, indústrias como carvão, energia e produtos químicos usam porcas hidráulicas de alta resistência ou tensores hidráulicos alimentado por bombas hidráulicas manuais de altíssima pressão, obtendo excelentes resultados.

2. Fonte de energia para montagem e desmontagem de encaixes de interferência cônicos ou cilíndricos lisos em equipamentos mecânicos.

Porcas hidráulicas são ferramentas eficazes para a montagem e desmontagem de ajustes de interferência lisos cônicos ou cilíndricos, como rolamentos, engrenagens, rotores, etc. Composta por um pistão de anel com anel de vedação e uma porca com rosca interna, a bomba hidráulica manual de ultra-alta pressão serve como fonte de energia, introduzindo pressão ultra-alta da superfície externa ou face final da porca, criando movimento relativo entre o pistão e a porca, facilitando a montagem e desmontagem de ajustes de interferência.

3. Fonte de energia para cilindros ou macacos de óleo hidráulico para suporte de carga.

Uma ferramenta ideal para instalação e comissionamento de equipamentos pesados.

Resumo

Com base no conteúdo acima, podemos tirar as seguintes conclusões:

A diferença fundamental entre bombas elétricas e bombas manuais reside na fonte de energia – uma é movida pelo esforço humano e a outra é alimentada por eletricidade.

Em termos de recursos, as bombas elétricas oferecem controle mais preciso e maior saída de pressão, enquanto as bombas manuais são fáceis de usar e apresentam alta segurança.

Os princípios de funcionamento das bombas elétricas e das bombas manuais são geralmente semelhantes, mas com diferenças sutis. As bombas elétricas possuem uma estrutura mais complexa, garantindo um funcionamento prolongado e preciso. Por outro lado, as bombas manuais possuem uma estrutura mais simples, o que as torna fáceis de usar, mas com menor eficiência operacional.

As bombas elétricas têm uma gama mais ampla de tipos e aplicações, incluindo acionamento de ferramentas hidráulicas, drenagem na agricultura e fornecimento de líquidos nos setores químico e petrolífero. As bombas manuais são usadas principalmente em pequenos sistemas hidráulicos, principalmente para apertar e afrouxar parafusos, fornecendo energia para chaves hidráulicas, tensores de parafusos, macacos, etc.

Concluindo, não podemos afirmar com certeza se uma bomba elétrica ou uma bomba manual é melhor. A escolha entre eles depende de condições específicas. Portanto, é crucial avaliar a situação exata ao decidir se utiliza uma bomba elétrica ou uma bomba manual.